Paulo Vitor/Estadão
Paulo Vitor/Estadão

Moçambique deixa de pagar US$ 15 milhões de financiamento tomado com BNDES, diz jornal

Recursos foram utilizados para a construção do aeroporto de Nacala, obra concluída pela Odebrecht em 2014

Cynthia Decloedt, O Estado de S.Paulo

24 Junho 2017 | 10h48

SÃO PAULO - O governo de Moçambique deixou de honrar duas parcelas de financiamento tomado junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), resultando em um prejuízo, por enquanto, ao banco de fomento brasileiro de US$ 15 milhões, segundo publicou o jornal Folha de S.Paulo. O montante do empréstimo é de US$ 125 milhões.

Os recursos foram utilizados para a construção do aeroporto de Nacala, obra concluída pela Odebrecht em 2014. A operação teve aval do Fundo de Garantia à Exportação (FGE), administrado pelo Tesouro, que foi acionado pelo BNDES para cobrir o não pagamento de Moçambique. De acordo com o jornal, o BNDES afirmou que tal ressarcimento será realizado em breve.

O jornal informa que Moçambique também atrasou pagamentos da barragem de Moamba-Major, obra da Andrade Gutierrez. O BNDES concedeu US$ 320 milhões a Andrade Gutierrez e o pagamento está regularizado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.