Moedas de 1 centavo continuarão a ser produzidas

O governo desmentiu, nesta terça-feira, que teria dado ordem à Casa da Moeda para suspender por definitivo a fabricação de moedas de 1 centavo, como divulgou no final de semana a revista Veja. "Sem essas moedas haveria uma tendência generalizada no comércio de arredondamento dos preços para cima", disse uma fonte do Banco Central (BC) consultada pela Agência Estado. Segundo a fonte, a medida poderia resultar em um pequeno aumento de inflação.O que houve, de acordo com o BC, foi uma suspensão temporária da produção dessas moedas. A explicação oficial para a paralisação foi a existência de uma presença excessiva. "Estas moedas representam hoje cerca de 29% do total de 10,959 bilhões em circulação. Entendemos que este porcentual é mais do que o suficiente para atender a demanda", destacou a fonte.A retomada da produção ocorrerá tão logo aconteça uma redução da presença delas no mercado. R$ 1O BC desmentiu, ao mesmo tempo, a informação de que tenha decidido parar de fabricar as notas de 1 real. No entanto, o órgão está preocupado em encontrar formas de garantir um melhor balanceamento na oferta de notas e moedas neste valor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.