Momento é favorável para Brasil fazer reformas, destaca FMI

O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Rodrigo Rato, disse hoje que o ambiente econômico e político brasileiro é favorável para a implementação de reformas estruturais, as quais fortalecerão as possibilidades de crescimento do Brasil no médio prazo."Este tem sido o nosso conselho público para o governo, estamos trabalhando com eles nesse respeito, além de questões técnicas. Mas está bem claro e é bem visível que a economia brasileira está preparada para crescer mais", disse o diretor-gerente do FMI.Segundo ele, o governo tem feito um bom trabalho voltado para este objetivo, "gerando confiança e estabilidade macroeconômica".Desafio mundialEle disse ainda que o principal desafio para a economia mundial é manter por vários anos a forte recuperação já em curso. "Os riscos a serem superados referem-se a duas questões: como os diferentes países vão lidar com a mudança na política monetária em muitos países, especialmente nos Estados Unidos, e também com os efeitos dos preços do petróleo", afirmou Rato.Ele frisou as estimativas já feitas no relatório World Economic Outlook (Perspectiva Econômica Mundial) de um crescimento mundial de 5% neste ano, sendo reduzido gradualmente para 4,3% em 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.