Momentos decisivos De fornecedor da Petrobrás a dono de avião

1 2 3

O Estado de S.Paulo

27 de junho de 2012 | 03h11

Recuo

Com o tempo, a operação ficou pesada e, assim, arriscada. Ele, então, soube dar um passo atrás. Cortou excessos e preparou-se para crescer.

Calote

Na iminência de um calote, o então empresário na área de energia recebeu dois aviões como pagamento e os transformou em um novo negócio para a família.

O caminho de sucesso do imigrante empreendedor

Até tornar-se empresário da aviação, o principal mérito de José Efromovich foi aproveitar oportunidades, investindo em nichos complementares ou, muitas vezes, distintos.

Expansão

O empreendedor planeja suas ações para médio e longo prazo. Por isso, ele

não se deixa levar por oportunidades passageiras, como a Copa do Mundo

e a Olimpíada.

Supervisão

Dono de um taxi aéreo, ele não viaja em seus jatos executivos. Faz questão de ir nas aeronaves da Avianca para acompanhar o serviço.

2

3

4

1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.