Reuters
Reuters

Monsanto enfrenta 8,7 mil processos por herbicida com glifosato nos EUA

No mês passado, a empresa foi condenada pela Justiça da Califórnia a pagar US$ 289 milhões a um ex-jardinheiro que teria desenvolvido câncer após ter utilizado a substância

O Estado de S.Paulo

05 Setembro 2018 | 04h29

FRANKFURT, Alemanha - A Bayer informou nesta quarta-feira, 5, que o número de ações judiciais nos Estados Unidos contra a recém-adquirida Monsanto subiu para cerca de 8,7 mil em 27 de agosto, depois que a Monsanto foi condenada a pagar indenização relacionada ao uso de um herbicida que contém glifosato.

No fim de julho, o número de processos contra a Monsanto estava em torno de 8 mil. A aquisição da Monsanto pela Bayer foi concluída em junho.

A maioria das ações foi apresentada em tribunais estaduais de Missouri, Delaware e Califórnia, enquanto o restante foi ajuizado em diversas cortes federais, detalhou a Bayer.

Em agosto, a Justiça na Califórnia condenou a Monsanto a pagar indenização de US$ 289 milhões ao ex-jardineiro norte-americano Dewayne Johnson, que teria desenvolvido câncer após ter utilizado herbicida da empresa que contém glifosato.

A Bayer, cujas ações despencaram desde então, contesta a decisão judicial e vem apresentando moções antes de um possível recurso. //DOW JONES NEWSWIRES

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.