Montadoras: 0800 diminui processos

As montadoras tentam evitar que as reclamações dos consumidores cheguem à Justiça. Para as fábricas não é interessante os longos processos judiciais que desgastam a imagem da empresa. Com essa intenção, elas colocam à disposição dos clientes serviços como e-mails e telefones para facilitar o contato com as pessoas que compraram seus veículos.Todas as montadoras têm serviços de atendimento ao consumidor. Por esse motivo, já podem ser encontrados telefones diretos com a empresa funcionando 24 horas e profissionais capacitados para solucionar dúvidas ou receber as reclamações dos clientes.Segundo a Fiat, a intenção da empresa é resolver os problemas na concessionária. E somente se a dificuldade persistir, a queixa é levada à fábrica, que passa a acompanhar de perto o caso. A Honda coloca engenheiros com conhecimentos em automóveis para atender aos telefonemas pelo 0800. A empresa garante que a dúvida que não for resolvida por telefone ou na concessionária mais próxima poderá ser solucionada com a visita de uma equipe da empresa.A Ford adotou como política o atendimento a reclamações em relação a carros novos e usados por uma central de atendimento 24 horas. Segundo o diretor de serviços, Flávio Padovan, o centro tem 62 pessoas trabalhando em três turnos. "Recebemos uma média de 18 mil ligações telefônicas por mês." Na montadora Renault, a criação de uma diretoria de atendimento ao cliente levou à resolução de 80% das reivindicações. A General Motors e a Volkswagen do Brasil também têm serviços de atendimento aos clientes, mas recusaram-se a fornecer mais informações sobre eles.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.