Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Montadoras de veículos criam fábricas virtuais

A indústria automotiva se prepara para trabalhar com fábricas virtuais em todo o processo produtivo, do desenvolvimento do carro à linha de montagem. Até mesmo o cliente poderá ?dirigir? o carro antes de ir à loja realizar a compra. Montadoras como Volkswagen, General Motors e Peugeot já trabalham na Europa com projetos de integração virtual de todo o processo de manufatura e engenharia. Vários deles estão sendo adotados no Brasil.O processo, além de agilizar o desenvolvimento de um veículo - cujo tempo de criação já foi reduzido, em média, de 48 para 30 meses -, também ajuda a evitar futuras falhas no processo produtivo e nos componentes. Hoje, com a aceleração da produção no Brasil para atender à crescente demanda por carros, o número de falhas também aumentou.Em conseqüência, o número de recalls (convocação para corrigir defeitos de fabricação) mais que dobrou nos últimos anos, segundo Edélcio Genaro, diretor de compras da Delphi. A simulação antecipará vários problemas que poderão ser corrigidos antes de o automóvel ir para a linha de montagem. O Brasil está entre os países onde a média de defeitos na cadeia produtiva é mais elevada, se comparada com vários mercados, principalmente os Estados Unidos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

24 de junho de 2008 | 10h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.