Montadoras devem esclarecer taxa de juros zero

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), ligado ao Ministério da Justiça, notificou as quatro maiores montadoras do País - Fiat, GM, Ford e Volkswagen - para prestar esclarecimentos sobre as campanhas de financiamento de veículos que anunciam taxas de juros zero. A medida tem por objetivo verificar se os juros já não estariam embutidos na promoção de venda das concessionárias, segundo o diretor do DPDC Roberto Freitas Filho, o que seria caracterizado como propaganda enganosa.As montadoras têm dez dias para responder às solicitações do DPDC. E, se ficar comprovado que os juros estavam embutidos, estarão sujeitas a uma multa que pode chegar a R$ 3 milhões. Há a desconfiança de que as promoções de vendas de carros zero a prazo e sem juros não sejam tão vantajosas quanto parecem. As montadoras garantem que não há custo adicional para as vendas a prazo em relação aos pagamentos à vista. Porém, na prática, as concessionárias oferecem preços diferenciados se o consumidor insistir pelo desconto no pagamento à vista do veículo. Ou seja, o preço oferecido nas duas modalidades de compra é o mesmo, mas é possível obter um desconto oferecido como cortesia da concessionária. O DPDC teme que os juros estejam embutidos no preço final do veículo e, para dissimular, as concessionárias alegam se tratar de desconto para pagamentos à vista. Veja mais detalhes sobre as controvérsias em relação às campanhas de juros zero na compra de veículos nas concessionárias nas matérias abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.