Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Monte dei Paschi amplia oferta de ações a ? 5 bilhões

O conselho do Banca Monte dei Paschi di Siena decidiu ampliar o plano de oferta de ações do banco italiano para 5 bilhões de euros (US$ 6,91 bilhões), de 3 bilhões de euros originalmente.

Agencia Estado

18 de abril de 2014 | 11h05

Em comunicado, o Monte dei Paschi informa que convocou uma reunião de acionistas para 20 de maio para aprovar o novo valor do aumento de capital.

O Monte dei Paschi, o banco mais antigo do mundo, precisa levantar recursos novos para pagar pelo menos parte de um empréstimo de 4,1 bilhões de euros tomado do governo no ano passado para resolver um problema de déficit de capital. Se a venda de ações não ocorrer este ano, o banco será estatizado.

Também no comunicado, o Monte dei Paschi afirma que a oferta ampliada lhe permitirá melhorar sua posição de capital, em linha com os melhores padrões do mercado. O banco também argumenta que estará melhor preparado para atender eventuais pedidos do Banco Central Europeu (BCE) para destinar mais recursos a possíveis perdas com empréstimos.

O BCE está analisando as finanças dos maiores bancos da zona do euro antes de assumir a supervisão do setor bancário do bloco no final do ano.

O UBS vai coordenar a oferta de ações do Monte dei Paschi, em parceria com Citigroup, Goldman Sachs, Mediobanca, Barclays, BofA Merrill Lynch, Commerzbank, JPMorgan, Morgan Stanley e Société Générale. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ItáliaMonte dei Paschi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.