Monti recebe voto de confiança do Senado italiano

Apoio ao pacote de austeridade dá aval final para que o governo implemente medidas

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

22 de dezembro de 2011 | 13h53

ROMA - O Senado italiano apoiou o pacote de austeridade do primeiro-ministro, Mario Monti, na votação realizada hoje de moção de confiança. A aprovação dá o aval final para que o governo italiano implemente um plano que prevê recuperação da confiança na cambaleante economia do país. O voto de confiança foi obtido por uma margem de 257, contra 41. O plano de austeridade já havia sido endossado pela Camara na semana passada.

Mais cedo, Monti havia pedido aos italianos que demonstrassem confiança no país, comprando bônus. "Para superar a crise de dívida soberana é essencial que olhemos aos ativos do governo com confiança", disse Monti no senado antes da votação. "É essencial que os italianos comprem os títulos do governo, que oferecem retorno bastante elevado", disse. Monti afirmou ainda que o país não pode crescer se não houver disciplina fiscal. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.