Moody’s coloca oito bancos da Grécia em revisão para rebaixamento

A agência de classificação de risco Moody's colocou a nota de risco de oito bancos gregos em revisão para possível rebaixamento. Mais cedo, a agência informou que cortou a classificação da Grécia em três níveis, de Caa1 para Ca, e atribuiu aos papéis uma perspectiva "em desenvolvimento", após o anúncio do programa de resgate da União Europeia para o país e a proposta de troca de dívidas por grandes instituições financeiras.

25 de julho de 2011 | 12h12

Os bancos afetados são: National Bank of Greece (NBG), EFG Eurobank Ergasias, Alpha Bank AE, Piraeus Bank, Agricultural Bank of Greece, Attica Bank, Emporiki Bank of Greece e General Bank of Greece.

Segundo a Moody's, o principal motivo para a decisão de colocar os ratings em revisão é a inclusão do setor privado na última rodada de auxílio para a Grécia, o que vai impactar diretamente nos títulos do governo grego detidos pelos bancos.

O Instituto de Finanças Internacional (IIF, na sigla em inglês) indicou que os investidores devem provavelmente arcar com perdas superiores a 20%. Ainda de acordo com a Moody's, em alguns bancos os bônus do governo grego representam mais de 150%. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.