Moody?s rebaixa Petrobrás e alega influência estatal

A agência de classificação de risco Moody?s rebaixou o rating global em moeda local da Petrobrás de ?A2? para ?A3?. Segundo a agência, a revisão reflete o aumento do nível de dependência entre a Petrobrás e o governo à medida que o potencial do pré-sal tem evoluído. O indicado é o acesso a empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A perspectiva do rating é estável. ''O governo também está tomando uma postura mais agressiva no controle de futuras licenças e termos fiscais nas áreas costeiras", diz nota da agência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.