Morales dá 'ultimato' a Petrobras e outras estrangeiras

Presidente da Bolívia diz que empresas que não investirem poderão perder o acesso às jazidas de gás

AE-AP, Agencia Estado

18 de maio de 2008 | 18h10

O presidente da Bolívia, Evo Morales, advertiu as empresas estrangeiras neste domingo, 18, a realizarem os investimentos previstos na indústria do gás natural. Caso contrário, se arriscarão a perder o acesso às suas ricas jazidas. Morales disse que seu governo preparou um "ultimato" à brasileira Petrobras, à espanhola Repsol-YPF, à britânica BP e a outras multinacionais que trabalham no país."Eu pedi aos meus ministros que preparem um decreto que dará às companhias um ultimato para que invistam", disse Morales em discurso na cidade de Punata, na Bolívia central. "Se elas não investirem nas regiões onde a prospecção indicou existirem petróleo e gás... Em determinado período de tempo, nós tomaremos de volta essas jazidas, que serão entregues à Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (a estatal YPFB, ressuscitada por Morales)." O presidente boliviano disse que a YPFB é capaz de realizar qualquer investimento nessas jazidas, mesmo tendo que utilizar crédito para os projetos. Ele não disse de onde virá o crédito para investir.Neste ano, o governo boliviano destina US$ 876 milhões em investimentos ao petróleo e gás, em grande parte aplicados em campos já existentes, em vez de trabalhar no desenvolvimento de novos campos de extração, que o país precisa para suprir seus vizinhos, Argentina e Brasil.No começo de maio, a YPFB tomou o controle majoritário das subsidiárias bolivianas da BP e da Repsol-YPF, bem com do gasoduto da Transredes, uma subsidiária da americana Ashomore Energy, sediada em Houston (Texas). Morales também anunciou os planos da YPFB de comprar a distribuidora CLBH, controlada por capitais alemão e peruano.

Tudo o que sabemos sobre:
Evo MoralesPetrobrasgás natural

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.