Morales defende organização de países produtores de gás

O presidente da Bolívia, Evo Morales, se mostrou nesta quinta-feira, 8, a favor da proposta do venezuelano Hugo Chávez para criar uma organização de países produtores de gás natural na América do Sul, semelhante à Opep."Todos temos direito de nos organizar e nos unir em temasespecíficos. Mas as organizações não devem servir para imporpolíticas aos países não produtores", disse, numa entrevistacoletiva em Tóquio.Morales apoiou a proposta do presidente da Venezuela, HugoChávez, de reunir num cartel os países sul-americanos produtores de gás natural, no estilo da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep).Para o presidente boliviano, "o tema é importante para a vida dos seres humanos" e "deve servir para resolver os problemas não só dos países produtores, mas também dos não produtores".A Bolívia tem reservas de gás estimadas em cerca de 50 trilhões de pés cúbicos. Na América do Sul, está atrás apenas da Venezuela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.