Moreno decidirá sobre reeleição à presidência do BID só em junho

Rumores indicam que Moreno teria perdido o apoio dos Estados Unidos, detentores de pouco mais de 30% das cotas do BID

Ricardo Gozzi, da Agência Estado,

23 de março de 2010 | 17h46

O mandato do presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno, expira em outubro, mas ele só decidirá em junho se vai concorrer à reeleição. A afirmação foi feita pelo próprio Moreno durante entrevista coletiva concedida logo após o término da 51ª Reunião Anual de Governadores do BID.

 

"O prazo para a apresentação da candidatura expira em junho e será nesse momento que falarei claramente sobre esse assunto", declarou.

 

Nos corredores da reunião deste ano, rumores indicaram que Moreno teria perdido o apoio dos Estados Unidos, detentores de pouco mais de 30% das cotas do BID e que estão descontentes com a condução da entidade multilateral pelo colombiano.

 

A Agência Estado apurou que os EUA teriam, inclusive, oferecido a presidência do BID ao Brasil e que a posição até estaria nos planos do Ministério do Planejamento, mas não faria parte da estratégia do Itamaraty.

 

Paulo Bernardo, o ministro do Planejamento, disse durante sua estada em Cancún que o presidente Luis Inácio Lula da Silva ainda não decidiu se o Brasil apresentará candidato ou se apoiará a reeleição de Moreno.

Tudo o que sabemos sobre:
Luis Alberto MorenoBIDPaulo Bernardo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.