Morgan Stanley acerta fundo de infra-estrutura de US$4 bi

O Morgan Stanley e um fundomontado pela General Electric e pelo Credit Suisse informaramna segunda-feira que levantaram quase 10 bilhões de dólares emrecursos para investimentos em infra-estrutura. O Morgan Stanley informou que levantou 4 bilhões de dólarespara um fundo de infra-estrutura, superando sua meta, e estábuscando ativos em setores como transportes e energia. Separadamente, a Global Infrastructure Partners (GIP), umajoint-venture entre a GE e o Credit Suisse Group, tambéminformou nesta segunda-feira que montou um fundo deinfra-estrutura de 5,6 bilhões de dólares para investir nosetor no mundo. Apesar de oferecer crescimento menor que acordos de privateequity tradicionais, ativos de infra-estrutura como transmissãode energia, estradas e aeroportos são atraentes para gruposfinanceiros como bancos e fundos de pensão por causa de seufluxo de caixa estável. O fundo de 4 bilhões de dólares do Morgan Stanley superousua meta de levantar 2,5 bilhões de dólares e obteve recursosna América do Norte, Europa, Austrália, Oriente Médio e Ásia,informou a instituição em comunicado. Os investidores no fundo do Morgan Stanley variam degrandes fundos de pensão e companhias de seguro a alguns dosfuncionários do banco. A equipe de investimentos em infra-estrutura do MorganStanley está distribuída em Nova York, Londres, Hong Kong ePequim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.