Morgan Stanley ajuda e bolsas européias reduzem queda

Banco de investimentos divulga queda menor que a esperada no lucro do primeiro trimestre fiscal de 2008

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

19 de março de 2008 | 09h56

As ações do setor de tecnologia operam em baixa e pressionam os mercados europeus para o terreno negativo nesta quarta-feira, 19, depois que a quarta maior fabricante mundial de celulares Sony Ericsson alertou que as vendas e o lucro líquido antes de impostos no primeiro trimestre de 2008 cairão quase pela metade. A queda, porém, diminuiu após a divulgação do lucro do banco de investimentos Morgan Stanley, que anunciou perdas menores que as esperadas com a crise de crédito. Veja também:Resultado do Morgan Stanley é melhor que o previsto ''Crise é 30 vezes maior que a de 1998'', diz LulaDepois de corte de juros nos EUA, Bovespa fecha na máxima Juro americano cai para 2,25% e Fed sinaliza novas reduções Petróleo fecha perto de US$110 com corte de juro do FedCronologia da crise financeira   A Sony Ericsson, uma joint venture da japonesa Sony e da sueca Telefon AB LM Ericsson (ERIC), disse que a desaceleração no crescimento do mercado para telefones de média e alta qualidade e a falta de componentes para telefones populares de preço médio contribuíram para o crescimento modesto das vendas de unidades no primeiro trimestre deste ano. A empresa disse esperar cerca de 45% de queda no lucro líquido antes de impostos em comparação ao primeiro trimestre de 2007. Esse é o mais recente sinal de impacto do desaquecimento da economia global nos negócios das empresas. A notícia fez com que as ações da companhia sueca Ericsson caíssem 11,72% por volta das 9 horas (de Brasília) na Europa e os papéis da concorrente Nokia também foram afetados, mostrando queda de quase 6%, no mesmo horário. As bolsas européias também são afetadas pela queda nas ações da instituição financeira britânica HBOS, que foi obrigada anegar nesta quarta esteja enfrentando dificuldades financeiras, depois de ver suas ações despencarem 15% em Londres nesta manhã. A HBOS é o maior provedor de hipotecas, poupança e investimentos do Reino Unido em valor de mercado. Morgan Stanley Já o Morgan Stanley divulgou queda de 42% no lucro do primeiro trimestre, resultado melhor que as expectativas - analistas de mercado previam queda de 53% no faturamento da instituição. O lucro líquido do banco foi de US$ 1,55 bilhão (US$ 1,45 por ação) no primeiro trimestre fiscal, encerrado em 29 de fevereiro, ante US$ 2,67 bilhões (US$ 2,51 por ação) apurado em igual período do ano anterior. O resultado do Morgan ajudou as bolsas a reduzirem a queda apresentada desde começo da manhã. Às 9h33, a Bolsa de Londres cedia 0,70%, a de Paris recuava 0,51% e a de Frankfurt tinha baixa de 0,54%.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.