Morgan Stanley anuncia troca de presidente-executivo

O presidente-executivo do Morgan Stanley John Mack está se aposentando e será substituído por James Gorman, um dos co-presidentes da área de banco de investimento da instituição financeira.

REUTERS

10 de setembro de 2009 | 18h10

Mack, 64, permanecerá como presidente do Conselho do Morgan Stanley, cuja diretoria tem sido alvo de críticas em alguns dos últimos trimestres depois de prejuízos.

Mack havia dito anteriormente ao conselho do banco que pretendia deixar o posto de presidente-executivo quando completasse 65 anos em novembro, segundo comunicado do Morgan nesta quinta-feira.

Gorman, 51, que cuida da corretora do Morgan Stanley e tem supervisionado a expansão dos negócios nessa área através de uma joint venture com a Smith Barney, unidade do Citigroup, há tempos é visto como possível nome para a presidência-executiva do banco.

Antes de se juntar ao Morgan em 2006, Gorman teve uma série de posições no Merrill Lynch.

Walid Chammah, outro co-presidente do Morgan Stanley que também era cotado para assumir a presidência-executiva, foi nomeado chairman do Morgan Stanley International.

(Reportagem de Christian Plumb e Dan Wilchins)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSMORGANCEO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.