Morgan Stanley paga US$ 1,25 bi para encerrar processo

O Morgan Stanley concordou em pagar US$ 1,25 bilhão para encerrar um processo judicial sobre ativos referenciados em hipotecas. A instituição também irá separar US$ 150 milhões em reservas legais adicionais, o que deverá impactar o resultado após impostos do último trimestre de 2013 em US$ 97 milhões.

AE, Agencia Estado

05 de fevereiro de 2014 | 08h09

O acordo foi feito com a Agência Federal de Financiamento Imobiliário (FHFA, na sigla em inglês). Segundo documento apresentado pelo Morgan Stanley, o acordo ainda está "sujeito a aprovações finais pelas partes". Um porta-voz da FHFA confirmou o acordo.

Esse é o oitavo acordo entre um grande banco e a FHFA, que em 2011 deu entrada em 18 processos em busca de danos não especificados sobre os US$ 200 bilhões em investimentos hipotecários comprados pela Fannie Mae e Freddie Mac. A FHFA já coletou US$ 9,1 bilhões nos oito acordos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAbancosprocesso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.