Morre Fernando Arruda Botelho, da Camargo Corrêa, em acidente aéreo

Empresário era casado com uma das herdeiras do Grupo, Rosana Camargo de Arruda

São Carlos Agora,

13 Abril 2012 | 15h38

SÃO PAULO - Morreu hoje, aos 63 anos, em um desastre de avião, em Itirapina, a 220km da capital paulista, o empresário Fernando Arruda Botelho, acionista do Grupo Camargo Corrêa.

 Segundo o assessor de imprensa da prefeitura da cidade, Gilberto Aparecido da Silva Jr, ele estava junto com um piloto, que também teria morrido. De acordo com a Camargo Correa, o nome do piloto era Sérgio Luiz Robattino e trabalhava na Morro Velho Taxi Aéreo.

O avião caiu no início da tarde desta sexta-feira em um canavial próximo ao aeroporto Dr. José Augusto de Oliveira Botelho.

Após a queda, o avião pegou fogo. O Corpo de Bombeiros de São Carlos foi acionado e apagou as chamas. O avião deverá passar por uma perícia técnica para averiguar as possíveis causas do acidente. Fernando tinha três filhos e era casado com Rosana Camargo de Arruda Botelho, herdeira do Grupo Camargo Corrêa. Rosana, filha do empresário já falecido, Sebastião Camargo. Ela tem um terço do Grupo, e as demais partes estão com suas duas irmãs

Mais conteúdo sobre:
Camargo Corrêa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.