Morre John Whitehead, ex-chefe do Goldman Sachs

John Whitehead, ex-sócio sênior e ex-co-presidente do Goldman Sachs que ajudou a tornar a empresa uma das principais de Wall Street e liderou sua expansão internacional, morreu aos 92 anos, informou o banco de investimentos neste sábado.

REUTERS

07 Fevereiro 2015 | 15h32

"Nós lamentamos a perda de John Whitehead e honramos suas realizações e contribuições a serviço de seu país e do Goldman Sachs," disse o presidente-executivo do Goldman, Lloyd Blankfein, em comunicado.

"Ele era um homem de enorme graça e integridade, e seu legado perdurará nas instituições que ele liderou e nas vidas daqueles que ele cuidou e foi mentor", acrescentou.

(Por Doina Chiacu)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.