Nilton Fukuda/Estadão - 14/11/2018
Nilton Fukuda/Estadão - 14/11/2018

coluna

Fernanda Camargo: O insustentável custo de investir desconhecendo fatores ambientais

Morre José Eduardo Carneiro Queiroz, sócio-diretor do Mattos Filho

Advogado tinha 49 anos e desde 1995 estava no escritório, que é um dos maiores do País

O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2020 | 12h07

Morreu na segunda-feira, 29, aos 49 anos, o advogado José Eduardo Carneiro Queiroz, sócio-diretor do escritório Mattos Filho, um dos maiores do País. 

Formado em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas (FGV), ingressou como estagiário no Mattos Filho em 1995 e se tornou sócio em 2001. Em 2015 foi eleito sócio-diretor do escritório e estava no segundo mandato.

Em nota, o Matto Filho afirma que "se hoje o escritório é reconhecido como um dos mais respeitados da América Latina, muito se deve à gestão humanizada conduzida pelo José Eduardo, inclusive com relação às discussões de causas de alto impacto social no meio jurídico".

José Eduardo Carneiro Queiroz deixou a mulher e três filhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.