J.Emilio Flores/The New York Times
J.Emilio Flores/The New York Times

Morre nos EUA, aos 94 anos, Lee Iacocca, o pai do Ford Mustang

Visionário empresário da indústria automobilística dirigiu a Ford e a Chrysler

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de julho de 2019 | 00h24

Lee A. Iacocca, o visionário empresário americano da indústria automobilística, morreu ontem em sua casa em Bel Air, na Califórnia, aos 94 anos.

Iacocca começou a trabalhar na Ford Motor Company em 1946, onde ajudou a criar o Ford Mustang. Assumiu o cargo de presidente executivo em 1970 e foi demitido por Henry Ford Jr. em 1978. No mesmo ano foi para a Chrysler Corporation, assumindo a presidência em 1979. A ele é dado o crédito de salvar a companhia da falência. 

Em uma indústria que produziu lendas como Henry Ford e Walter Chrysler,  Iacocca, filho de um imigrante italiano, vendedor de cachorro-quente, fez história como o único executivo nos tempos modernos a presidir as operações de duas das três grandes montadoras.

Ele era tão admirado que houve uma conversa séria sobre sua candidatura à presidência dos Estados Unidos em 1988.

Segundo o porta-voz da família, Iacocca teve complicações da doença de Parkinson. Deixa duas filhas e oito netos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.