Embrapa
Embrapa

Morre pesquisador da Embrapa Luiz Otávio Campos da Silva

Considerado um dos maiores expoentes da Embrapa, Silva foi um dos idealizadores do programa Embrapa-Geneplus, especializado em melhoramento genético animal

Redação, O Estado de S. Paulo

17 de julho de 2021 | 16h10

Morreu na quinta-feira, 15, o pesquisador e melhorista em gado de corte Luiz Otávio Campos da Silva, aos 70 anos. Considerado um dos maiores expoentes da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), ele foi um dos idealizadores do programa Embrapa-Geneplus, especializado em melhoramento genético animal.

Silva era zootecnista, formado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – seu doutorado foi em Genética e Melhoramento Animal. Em 2015, esteve entre os "10 Heróis da Revolução Verde no Brasil", concedido pelo Fórum da Inovação, Agricultura e Alimentos, iniciativa que reúne instituições como a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO/ONU).

O pesquisador carioca começou sua vida profissional na Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro, como diretor da Fazenda Modelo de Guaratiba (RJ). Ele chegou em 1982 à Embrapa Gado de Corte, em Campo Grande (MS).  

“Uma perda dolorida, irreparável. Um legado extraordinário para a Embrapa e para a pecuária brasileira”, disse em nota Antonio do Nascimento Rosa, chefe-geral da Embrapa Gado de Corte.

Em publicação no Instagram, o Programa Embrapa-Geneplus lamentou a perda: “Além de ter estado à frente do Programa por mais de duas décadas, ele teve efetiva participação em várias ações pioneiras da Embrapa que transformaram positivamente o melhoramento genético de gado de corte no Brasil. A grande paixão pela sua profissão é um legado a todos”.

Outro colega do setor, Paulo Nobre, gestor e coordenador administrativo do Geneplus Consultoria Agropecuária, destacou que "Luiz Otávio teve participação decisiva na origem, desenvolvimento e na forma de assessoria proposta pelo Programa Embrapa-Geneplus. Sua persistência e conhecimento sem dúvida nenhuma estará sempre na lembrança dos técnicos e criadores que dão vida ao Programa".

O zootecnista carioca construiu ao lado da companheira Valéria uma família com cinco filhos e sete netos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.