Morte de Benazir Bhutto causa apreensão nos mercados

Índice referencial Hang Seng obteve um retrocesso de 1,73%; dólar cai com força nesta sexta

João Caminoto, da Agência Estado,

28 de dezembro de 2007 | 10h51

Os mercados operavam no terreno da cautela, na manhã desta sexta-feira, 28, com as principais bolsas européias registrando leves perdas. Pesa sobre os investidores a preocupação com a tensão geopolítica criada com o assassinato, na quinta-feira, da líder oposicionista paquistanesa Benazir Bhutto - além dos temores de que a economia dos Estados Unidos possa sofrer em 2008 uma estagflação - estagnação aliada a pressão inflacionária - em 2008. O índice referencial Hang Seng da bolsa de Hong Kong obteve um retrocesso de 1,73%, depois que cair 472,33 pontos, a 27.370,6. O volume negociado na jornada desta sexta-feira ascendeu US$ 78.224 milhões de Hong Kong, que equivalem a US$ 10.027 milhões ou 6.831 milhões de euros. O dólar caiu nesta sexta com força na Bolsa de Valores de Tóquio. No final da operação no mercado japonês, nesta sexta-feira, o dólar seguiu cotado a 113,10 ienes. Na quinta-feira, a moeda americana valia 114,25 ienes. O euro se negocia a 165,68 ienes nesta sexta. Na quinta, o euro valia 165,74. A desvalorização é pequena. Analistas citados pela agência local Kyodo assinalaram que a queda do dólar frente o iene é influenciada pelo assassinato de Benazir. Masashi Hashimoto, analista do Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ, afirmou que "como o Paquistão tem sido uma base para a guerra contra o terrorismo dirigida pelos Estados Unidos, os inversores estão observando como isto afetará a incerteza política em um país aliado dos norte-americanos e suas estratégias".(Com Efe)

Tudo o que sabemos sobre:
Benazir Bhuttomercados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.