Mortgages prepara novo fundo imobiliário

A Brazilian Mortgages vai lançar até o começo do ano que vem o primeiro fundo imobiliário a ter Certificados de Depósito de Valores Mobiliários em Garantia (CDVMG) como lastro. Na mesma linha dos fundos imobiliários Pátio Higienópolis e Hospital da Criança, o novo fundo terá R$ 34 milhões em cotas do Centro Empresarial Água Branca, da Ricci Engenharia. "Estamos formatando agora o produto para varejo. O projeto está sendo submetido à avaliação da CVM e esperamos poder lançá-lo logo depois do Carnaval´, diz Fábio Nogueira, diretor da Brazilian Mortgages. O valor mínimo de aplicação será R$ 10 mil e o fundo será oferecido aos investidores também através da Internet, pela corretora Coinvalores. Nogueira explica que a renda de 1,25% ao mês é garantida pelo BCN, que está custodiando o investimento, e é creditada automaticamente em conta corrente durante três anos. "O diferencial de rentabilidade do negócio vem da diferença no preço do aluguel dos escritórios. Com o potencial de valorização da área, pode-se ultrapassar o valor garantido", espera o diretor. "A região da Barra Funda e da Água Branca é um mercado imobiliário promissor, principalmente porque possui ótima infra-estrutura viária e acesso fácil às duas marginais", explica Nogueira. O Centro Empresarial exigirá um investimento de R$ 600 milhões e compreenderá uma área de 100 mil metros quadrados, com 14 torres de escritórios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.