Móveis terão alíquota de IPI de 5% a partir de abril

Isenção de IPI termina no dia 31 de março e, se não houvesse essa alteração, o imposto para o setor retornaria a 10%

Renata Veríssimo, da Agência Estado,

26 de março de 2010 | 12h18

O Ministério da Fazenda divulgou nota, há pouco, informando que a alíquota de IPI sobre móveis, painéis de madeira, aglomerados de madeira e placas laminadas será de 5% a partir do dia 1º de abril. Segundo o ministério, a nova alíquota faz parte de um aperfeiçoamento na tributação do setor, conforme antecipou a Agência Estado na última quarta-feira, 24.

 

A isenção de IPI para móveis e painéis de madeira termina no dia 31 de março e, se não houvesse essa alteração, o IPI para o setor retornaria a 10%.

 

O decreto com a nova especificação do imposto, por código de produto, será publicado até a quarta-feira da semana que vem. O setor de móveis foi um dos últimos a receber a redução de IPI para superar os efeitos da crise financeira internacional.

 

A nota do Ministério da Fazenda não informou quanto será a renúncia fiscal do governo com a reestruturação da tabela de IPI para o setor.

Tudo o que sabemos sobre:
IPImóveisimposto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.