MP da dívida agrícola será assinada na 3a, diz Stephanes

A medida provisória que trata dareestruturação da dívida agrícola será assinada na terça-feira,às 18 horas, em cerimônia no Palácia do Planalto, informounesta segunda-feira o ministro da Agricultura, ReinholdStephanes. Segundo a assessoria do ministério, a negociação dasdívidas acumuladas ao longo das últimas décadas deverá abrangercerca de 80 bilhões de reais. "Amanhã (terça-feira) será assinada a medida que trata dareestruturação de toda a dívida agrícola", disse o ministro emevento a empresários em São Paulo, lembrando que o texto damedida é abrangente e composto por 35 páginas. Além disso, o governo deverá encaminhar ao Congresso umprojeto de lei que cria o Fundo de Catástrofes, uma decisão quepermitirá ampliar o seguro rural no Brasil, hoje praticamenteinexistente. "O Fundo de Catástrofes vai garantir a entrada dasseguradoras no mercado, porque aquelas que entraram nos últimosanos tiveram prejuízos", disse ele, sem dar detalhes sobrevalores nem de onde virão os recursos. O ministro anunciou ainda que o governo formalizará naterça-feira a criação de adidos agrícolas, que deverão teratuação no exterior, visando abrir novos mercados paraexportações do Brasil. Tanto o projeto do Fundo de Catástrofes quanto o da criaçãode adidos agrícolas vêm sendo discutidos desde a primeiragestão do governo Lula, quando Roberto Rodrigues estava àfrente do ministério. (Edição de Camila Moreira)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.