MP do Bem impedirá perda de investimentos, diz Vale

O diretor de Relações com Investidores da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), Roberto Castello Branco, considerou bastante positiva a MP do Bem, anunciada ontem pelo governo, e que desonera os investimentos voltados para a exportação. "A medida veio num momento bastante oportuno e impedirá que o Brasil perca para outros países importantes investimentos na área de siderurgia."A mineradora estuda, em conjunto com empresas estrangeiras, pelo menos quatro projetos para a construção de usinas siderúrgicas no Brasil.Ele destacou que há uma tendência no mercado de aço de transferência de usinas da Europa e Estados Unidos para países com custos mais baixos. Citou também que concorrem com o Brasil, principalmente, a Índia e alguns países do Leste Europeu.Castello Branco participa hoje do evento Destaques Cias. Abertas, promovido pela Agência Estado, para premiar as melhores empresas de capital aberto de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.