MP dos Portos: Câmara rejeita emenda do PP

O plenário da Câmara rejeitou no final da noite de ontem emenda proposta pelo PP que determinava mais uma alteração ao relatório da Medida Provisória dos Portos (MP 595). O partido pedia a exclusão do artigo 59 do relatório apresentado pelo senador Eduardo Braga (PMDB-AM), que previa que os terminais de uso privado e os terminais-indústria teriam a continuidade de suas atividades assegurada, desde que os contratos fossem adaptados à MP 595. A exclusão do termo foi rejeitada, de forma que o teor do relatório foi mantido. Ainda faltam sete destaques a serem analisados pelos deputados. (AE)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.