MP dos Portos é ‘choque de competição’, diz Fiesp

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) comemorou a aprovação da Medida Provisória (MP) dos Portos pelo Senado nesta quinta-feira. Em nota, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, afirmou acreditar que a presidente Dilma Rousseff pode lançar mão de alguns vetos para "restabelecer o espírito original" da MP e, com isso, abrir as licitações.

AE, Agencia Estado

16 de maio de 2013 | 21h01

De acordo com ele, a aprovação cria condições para "a imediata abertura de licitações dos mais de 50 contratos vencidos usando o critério de menor tarifa combinado ao de maior volume de carga". Segundo Skaf, a MP é "fundamental" para a dar "um choque de competição" e atende a reivindicações do setor produtivo para redução de custos portuários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.