MPF denuncia 70 pessoas por fraude no IR no RS

O Ministério Público Federal denunciou 70 pessoas à Justiça Federal por fraude no Imposto de Renda. Entre os acusados estão funcionários e professores da Universidade Federal de Pelotas e da Universidade Católica de Pelotas, no Rio Grande do Sul, que usaram recibos falsos de despesas para abater o imposto a pagar.O esquema foi descoberto no cruzamento de declarações dos contribuintes e prestadores de serviços. Uma psicóloga que emitiu recibos no total de R$ 1 milhão em três anos confirmou à Receita Federal não ter atendido todas as pessoas que se diziam suas clientes. O caso chegou à Justiça na terça-feira, mas só começará a ser analisado depois do final do recesso, que começa na sexta-feira e vai até o dia 7 de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.