MS pode ter novo foco de aftosa

O Ministério da Agricultura investiga a possibilidade de a febre aftosa ter reaparecido no município de Japorã, no Mato Grosso do Sul. O Serviço de Vigilância Sanitária da cidade informou que a suspeita se refere à uma pequena propriedade. O agravante é que a fazenda onde pode haver o foco está fora da área infectada pela doença no ano passado. O Mato Grosso do Sul teve 33 casos de aftosa e ocorrências que foram confirmados a partir de outubro do ano passado. Deste total cerca de 20 casos foram descobertos em Japorã. Outros sete casos da doença foram diagnosticados no Paraná. A suspeita do novo foco ainda é investigada e os exames laboratoriais averiguarão a ocorrência. O rebanho do Mato Grosso do Sul está na fase chamada de sentinela, em que bezerros não vacinados são distribuídos nas propriedades para que seja constatado se a área está livre da doença. Este é o quarto estágio, depois da confirmação de um foco, seguido pelo quinto e último, que consiste no repovoamento gradativo da área.

Agencia Estado,

18 Abril 2006 | 16h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.