Bernard Biger STX France
Bernard Biger STX France

MSC Cruzeiros inicia segunda fase de crescimento da empresa com operação de novo navio

Ação integra estratégia que inclui investimentos de 7 bilhões de euros

O Estado de S.Paulo

07 Junho 2017 | 19h38

A MSC Cruzeiros começou a operar na semana passada o maior navio construído por uma armadora europeia e também o maior a começar operação em 2017, o MSC Meraviglia. O transatlântico pesa 171.598 toneladas e pode receber até 5.714 a bordo.

A novidade marca a o início  da segunda fase de crescimento da empresa, que é a maior companhia privada de cruzeiros e atende mercados da Europa, América do Sul e Sul da África. De acordo com o presidente executivo da MSC Cruzeiros, Pierfrancesco Vago, a operadora ainda receberá seis novos navios, que serão construídos entre 2017 e 2020. Quatro deles serão construídos pela francesa STX France, reforçando uma parceria de longo prazo que contemplou a construção de todos os 13 navios da frota da MSC e contribuiu efetivamente para o crescimento da empresa.

A frota atual é resultado de um programa de aportes de 6 bilhões de euros que teve início em 2003. O novo plano de investimentos começou em 2014 e prevê a construção de 11 novos navios até 2026, totalizando 9 bilhões de euros.

“O início das operações do MSC Meraviglia é um marco importantíssimo na história e no futuro da nossa companhia. Ele representa a primeira realização de um plano de longo prazo para um crescimento significativo, que, em sua primeira fase, culminou com a MSC Cruzeiros passando a ser, há dois anos, a marca de cruzeiro número um em toda a Europa, enquanto está no caminho para um crescimento global ainda maior”, destacou Vago em nota.

Mais conteúdo sobre:
Economia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.