Mulher gasta menos que o homem com cartão de crédito

Os homens não apenas têm um número maior de cartões de crédito que as mulheres como também usam mais, gastam mais e aproveitam menos o parcelamento sem juros, segundo pesquisa da administradora Credicard. O valor médio da compra feminina é de R$ 56 enquanto o do mercado é de R$ 76.Como titulares, elas representam 46% do universo de cartões ativos e respondem por 38% do volume em reais movimentado. Cerca de 46% das portadoras usam o instrumento mais de cinco vezes ao mês, contra 55% dos homens. A participação menor da mulher neste bolo está relacionada à faixa de renda.A exemplo da População Economicamente Ativa (PEA) do País, há uma concentração de portadoras (61%) situada na fatia de rendimentos entre R$ 300 e R$ 1.000. Já os homens inseridos neste grupo são 51%.A pesquisa da Credicard mostrou que as mulheres diferem dos homens também no tipo de gasto. As lojas de roupas e as farmácias aparecem mais nas faturas femininas, assim como joalherias e cabeleireiros. Já os postos de gasolina, restaurantes, hotéis e lojas da internet são mais freqüentes nos gastos dos homens.A estimativa da Credicard é de que a participação feminina crescerá mais nos próximos anos. Já em 2003, espera-se que elas respondam por 40% do faturamento e o ticket médio passe para R$ 60.

Agencia Estado,

28 de abril de 2003 | 19h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.