Mulheres e jovens lideram lista de devedores da Telecheque

As mulheres e os jovens estão entre os mais inadimplentes nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, segundo estudo da Telecheque (empresa de avaliação de risco na concessão de crédito no varejo). A pesquisa "Perfil do Inadimplente", realizada com 836 consumidores que estão na lista de devedores, aponta que as mulheres representam 52% do total de inadimplentes. Já os jovens, de 21 a 30 anos, correspondem a 42% dos inadimplentes.O levantamento mostra que independente do sexo ou da idade, o consumidor justifica a inadimplência pelo próprio descontrole financeiro, apontado como causa por 46% dos entrevistados. O empréstimo de cheques para terceiros aparece em segundo lugar, com 13% das respostas, seguido pelo desemprego, apontado por 9% dos consumidores.Os jovens, segundo o vice-presidente da Telecheque, José Antônio Praxedes Neto, mostram maior dificuldade em controlar os gastos e se mostram mais suscetíveis aos apelos promocionais. "O consumidor brasileiro, principalmente o jovem, apesar de estar buscando controlar melhor seus gasto, ainda tem dificuldade em se conter diante dos apelos promocionais e facilidades de pagamento ofertados pelo varejo", explica o executivo.A pesquisa mostra também que, do total de endividados, 48% são solteiros e 39% afirmaram possuir um rendimento salarial na faixa de R$ 350 a R$ 1.050. A Telecheque constatou ainda que o valor médio das compras variou de R$ 100 a R$ 199 (28% do total) e os pagamentos à vista representaram 52% das transações realizadas no comércio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.