Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Mundo perde US$ 1 trilhão por ano em subornos

Dados de estudo em andamento, divulgados pelo Banco Mundial (Bird) nesta quinta-feira, indicam que mais de US$ 1 trilhão são pagos em atos de suborno todos os anos. A cifra foi calculada pelo órgão com base em dados econômicos de 2001/2002 e inclui informações tanto dos países ricos como das nações em desenvolvimento. Segundo Daniel Kaufmann, diretor de governança do Instituto de pesquisas do Banco Mundial, ?é importante enfatizar que este não é simplesmente um problema dos países em desenvolvimento. Combater a corrupção é um desafio global?.Os dados não incluem as perdas que os países têm com o enriquecimento ilícito de autoridades que se apropriam de verbas ou bens do governo.Corruptos - Uma nota divulgada pelo órgão diz que é muito difícil fazer uma estimativa de quanto se perde no mundo com o desvio de verbas públicas.No entanto, estimativas da ONG Transparência Internacional indicam que apenas um político, o ex-líder indonésio Suharto, desviou entre US$ 15 bilhões e US$ 35 bilhões. No estudo sobre subornos, os dados dos diferentes países foram comparados com a estimativa de que a economia mundial movimentava cerca de US$ 30 trilhões no período analisado.De acordo com o Instituto do Banco Mundial, países que combatem a corrupção e zelam pela manutenção do Estado de direito podem ter um aumento de até quatro vezes na renda nacional no longo prazo.A nota também diz que experiências bem sucedidas em países como Chile, Costa Rica e Eslovênia desafiam a idéia de que uma nação tem que ser rica para combater a corrupção.

Agencia Estado,

09 de abril de 2004 | 11h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.