Murilo Portugal já assumiu secretaria-executiva da Fazenda

O Diário Oficial publica, em sua edição de hoje, a nomeação de Murilo Portugal para o cargo de secretário-executivo do Ministério da Fazenda, em lugar de Bernard Appy, cuja exoneração também está publicada no Diário de hoje. Appy passará a ocupar a secretaria de Política Econômica do ministério, mas sua nomeação para este cargo não foi publicada hoje. Portugal já chegou ao Ministério da Fazenda e já assumiu o cargo, hoje de manhã, sem solenidade especial.As trocas na equipe econômica foram anunciadas no final do mês passado pelo ministro da Fazenda, Antonio Palocci. Na ocasião, ele anunciou que o secretário de Política Econômica do Ministério, Marcos Lisboa, deixaria o cargo, por motivos pessoais, e seria substituído por Appy, Endo este substituído por Portugal, que ocupava o cargo de diretor do Brasil no FMI. Portugal foi também secretário do Tesouro Nacional entre 1992 e 1997. Para a vaga de Portugal no FMI, o ministro indicou o atual diretor de Estudos Especiais do Banco Central, Eduardo Loyo.Após o anúncio das trocas, Palocci assegurou que as alterações na equipe não representam nenhuma mudança na política econômica. "Não há mudanças na política econômica", afirmou. Ele contou que discutiu as alterações em conjunto com seus secretários e com o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, em busca de um aperfeiçoamento. "Esse rearranjo (da equipe) dá uma construção inovadora. Vamos em frente com essa política", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.