FELIPE RAU/ESTADÃO
FELIPE RAU/ESTADÃO

Mutirão do Emprego em SP fecha terceiro dia com 1,1 mil pessoas atendidas

Somente os candidatos que estão com a senha serão atendidos até 4 de abril; mais de 15 mil pessoas estiveram no Vale do Anhangabaú no primeiro dia do evento

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2019 | 09h54

O Mutirão do Emprego, que reuniu cerca de 15 mil pessoas no primeiro dia da ação, no Vale do Anhangabaú, na região central da capital paulista, realizou 1.165 atendimentos nesta quinta-feira, 29, no terceiro dia do evento.

Os trabalhadores passaram por processos seletivos no local ou foram direcionados para entrevistas junto às gerências nas empresas.

As senhas foram distribuídas na terça-feira, 26, para as pessoas pré-selecionadas pelas 26 empresas participantes e são obrigatórias para que elas busquem uma vaga. Em média, 10 mil conseguiram a senha. No segundo dia, o evento atendeu 1,4 mil candidatos.

Em nota, a pasta reforçou que o atendimento aos candidatos com senha foi prorrogado até o dia 4 de abril, das 8h às 17h.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso, a ação tem colaborado para organizar as políticas públicas para a geração de trabalho. "Essa aproximação entre as empresas e os trabalhadores nos ajuda a identificar as oportunidades e as necessidades do segmento como a qualificação profissional."

O Mutirão do Emprego, organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da Prefeitura de São Paulo e pelo Sindicato dos Comerciários, oferece 6 mil vagas de trabalho.

As pessoas que não conseguiram senhas para participar dos processos seletivos deste evento podem buscar as oportunidades nas 24 unidades do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo, disponíveis em todas as regiões da cidade. De acordo com a pasta, estão disponíveis 4,3 mil vagas em diversos setores, inclusive com oportunidades para pessoas sem experiência.

Relembre histórias e depoimentos de alguns dos milhares de desempregados que saíram em busca de uma oportunidade na manhã de terça-feira.

Taxa de desemprego

O resultado no trimestre que terminou em fevereiro foi de 12,4%, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada na manhã desta sexta-feira, 29, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A população desocupada chega hoje a 13,098 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.