Na Argentina, Lula elogia deságio do leilão do Madeira

O presidente Luiz Inácio Lula daSilva elogiou nesta segunda-feira o resultado do leilão dausina de Santo Antônio, no rio Madeira, vencido pelo consórcioidealizado por Furnas e Odebrecht com um deságio de 35 porcento sobre o preço máximo estipulado. Em Buenos Aires, onde acompanhou a posse da nova presidenteargentina, Cristina Fernández de Kirchner, Lula classificou de"extraordinário" o resultado do leilão, em que o consórcioMadeira Energia, que também tem as participações de AndradeGutierrez, Banif-Santander e Cemig, conquistou a concessão paraa usina com o lance de 78,90 reais por megawatt-hora. "Havia muita gente pessimista dizendo que não ia acontecer,não ia acontecer e não só apareceram cinco empresas, como omegawatt...saiu a 78,90 (reais)", disse o presidente ajornalistas. (Reportagem de Cesar Illiano, Texto de Eduardo Simões;Edição de Tatiana Ramil)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.