finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Na China, o maior IPC da década

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da China chegou a 5,6% em julho, o mais alto da última década. A aceleração da inflação (em junho, subiu 4,4%) foi puxada pelos alimentos e abre espaço para mais uma elevação da taxa básica de juros, atualmente em 6,84%. "Os preços dos alimentos subiram 15,4% em julho, na comparação com o mesmo mês do ano passado", destacou o Escritório Nacional de Estatísticas da China (NBS, na sigla em inglês). Segundo o NBS, o preço das carnes disparou 45,2% em julho, enquanto ovos e cereais subiram 30,6% e 6%, respectivamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.