Na compra de imóvel, Caixa financia também gastos com cartório

A Caixa Econômica Federal anunciou ontem que passou a oferecer, desde o início do mês, a opção de incluir os gastos com cartório e Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) no total financiado para aquisição do imóvel.

O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2012 | 02h05

Podem ser incluídas as taxas de registro e escritura, dentre outras despesas cartorárias, e de ITBI, até o limite de 4% do empréstimo.

A Caixa Econômica Federal também informou ontem ter contratou, até a primeira semana de dezembro, R$ 93,7 bilhões em crédito imobiliário, 33,1% acima do verificado no mesmo período de 2011.

Desse montante, R$ 42 bilhões correspondem a aplicações com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), R$ 36,5 bilhões às linhas que utilizam recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 15,2 bilhões aos recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e demais fontes.

Até o fim deste ano, a Caixa Econômica Federal espera alcançar R$ 100 bilhões em contratos imobiliários. / EDUARDO CUCOLO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.