Na despedida, Lula elogia Minc por liberar licença de Belo Monte

Presidente destaca atuação do ministro e diz que sua gestão deu 'certa robustez' ao papel da pasta do Meio Ambiente

Gerusa Marques, da Agência Estado,

31 de março de 2010 | 13h36

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva brincou com o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, e elogiou sua gestão na cerimônia de despedida dos ministros que estão deixando o governo para se candidatar nas próximas eleições. Lula afirmou que Minc - que substituiu no cargo a ex-petista Marina Silva - "deu uma certa robustez" ao papel do Ministério do Meio Ambiente. O presidente destacou a atuação do ministro no processo de liberação da licença ambiental para a construção da futura usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu (PA).

 

Em referência bem-humorada às características de Minc de polemizar com os adversários, de dar muitas entrevistas e de se vestir de forma diferenciada, o presidente o mencionou como "o menos polêmico de todos os companheiros, o que gosta menos de falar com a imprensa e o que se veste mais discretamente." Uma das marcas registradas do ministro é o uso coletes multicoloridos em vez dos tradicionais terno e gravata.

 

Lula disse que Minc é criticado "pelas coisas boas que faz" e que isso acontece habitualmente no País quando não se fala "a linguagem da elite dominante." O Ministério do Meio Ambiente, afirmou o presidente, não é de contestação política, é de trabalho para o governo fazer "as coisas certas e o que é melhor para o País." Sobre a usina de Belo Monte, cuja licitação está prevista para 20 de abril próximo, o presidente afirmou: "Finalmente, vamos fazer o leilão e oferecer energia com fartura mais barata ao povo brasileiro."

 

Lula elogiou também, entre outros ministros, o do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, e o da Igualdade Racial, Edson Santos. "Se tem política social neste País, ela é feita pelo governo federal", afirmou o presidente, se referir a Patrus Ananias. Sobre o trabalho de Edson Santos, mencionou a elaboração do Estatuto da Igualdade Racial.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaMincBelo Montedespedida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.