Na matriz, GM registra pedido de IPO bilionário

A GM registrou ontem os planos para o lançamento de uma oferta pública inicial de ações (IPO) que deve levantar cerca de US$ 10 bilhões. A GM funciona como uma companhia de capital fechado há mais de 14 meses.

, O Estado de S.Paulo

19 de agosto de 2010 | 00h00

De acordo com os documentos enviados pela GM à Securities and Exchange Commission (SEC), a companhia pretende ser listada com ações ordinárias nas bolsas de Nova York e Toronto.

O IPO permitirá que o governo dos EUA comece a se desfazer da participação de 61% adquirida na montadora em razão dos auxílios oferecidos à indústria automotiva no ano passado. A GM tenta cortar os laços com o governo porque, para o executivo-chefe da companhia, Edward Whitacre Jr., a proximidade com o poder público afasta potenciais consumidores. A SEC deve analisar o pedido de IPO em 90 dias. / DOW JONES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.