Nafta está 5,6% mais cara desde 1º de novembro

A Petrobras reajustou o preço da nafta em 5,6% a partir do dia 1º de novembro. O aumento, que passou a valer na última segunda-feira, dia 3 de novembro, não chegou a ser anunciado pela estatal. À época, a empresa confirmou apenas o reajuste do Querosene de Aviação (QAV), em 8,4%, e alegou que o reajuste da nafta ainda estava em estudo. Os dois produtos, assim como o óleo combustível, vinham sendo reajustados mensalmente. O óleo combustível não teve oscilação no dia 1º, porque seu preço já havia aumentado em 2,51% em 24 de outubro e 3,9% em 10 de outubro. No caso da nafta, o último reajuste em seu preço havia sido uma redução em 1º de outubro, de 7,7%.

Agencia Estado,

07 de novembro de 2003 | 18h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.