Nafta pode virar gasolina para suprir demanda, diz ANP

A diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Magda Chambriard, afirmou, nesta segunda-feira, que a Petrobras poderia transformar nafta em gasolina para suprir a demanda interna do País, depois de concluída a construção das refinarias do Nordeste (Abreu e Lima, Premium I e Premium II).

SABRINA VALLE, Agencia Estado

20 de julho de 2012 | 13h25

Apesar do forte aumento do consumo e da importação de gasolina, as plantas em construção na região não preveem processamento deste combustível. As refinarias produzirão principalmente diesel e, também, alguns derivados como nafta.

"Você poderia trazer nafta das refinarias do Nordeste para o Sudeste e reformá-la, transformando em gasolina, em refinarias hoje existentes da Petrobras", afirmou Chambriard. No momento, não há previsão de alteração de projeto para incluir processamento de gasolina, informou a executiva, que participou de seminário sobre energia na PUC-Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
ANPpetróleonafta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.