AP Photo/Nati Harnik, File
AP Photo/Nati Harnik, File

coluna

Carolina Bartunek: ESG, o que eu tenho a ver com isso?

Não é hora de vender ações, diz Buffett

Bilionário, que é presidente da empresa de investimentos Berkshire Hathaway, chamou o surto de coronavírus de “algo assustador”

REUTERS, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2020 | 19h27

NOVA YORK  - Warren Buffett, o bilionário presidente da empresa de investimentos Berkshire Hathaway, chamou o surto de coronavírus de “algo assustador”, mas disse que as ações continuam sendo um bom investimento a longo prazo e que ele não venderá seus papéis, apesar da ameaça de uma pandemia.

Falando à rede de TV CNBC, Buffett disse que os investidores com um horizonte de 10 a 20 anos e focados no poder de ganhos das empresas se sairão bem em ações.

“É algo assustador”, afirmou Buffett, referindo-se ao surto. “Mas não acredito que isso deva afetar o que você faz nas ações.”

Os mercados em todo o mundo caíram nesta segunda-feira com a preocupação de como o surto global de coronavírus, que começou na China e se expandiu para países como Itália, Coreia do Sul e Irã, poderia prejudicar a economia global.

Buffett disse que os investidores não podem prever o desempenho de longo prazo do mercado observando as manchetes diárias. Ele declarou que a Berkshire “certamente estaria mais inclinada” a comprar ações após uma liquidação, em um momento em que a economia dos Estados Unidos estava “forte, mas um pouco mais flexível” do que há seis meses.

“Se você olhar para a situação atual”, disse ele, “obtém mais dinheiro em ações do que em títulos”.

A Berkshire Hathaway anunciou na semana passada seus resultados em 2019. O conglomerado, que investe em empresas como Apple, Coca-Cola, Bank of America e Kraft Heinz, entre vários outros, registrou um lucro líquido de US$ 81,4 bilhões. Warren Buffet é considerado pela revista Forbes como a terceira pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 87,5 bilhões. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.