Não está claro se recuperação alemã tem base sólida--ministério

A economia alemã deve continuar recuperação no terceiro trimestre, mas não está claro se a retomada tem uma base sólida, afirma o Ministério das Finanças da Alemanha.

REUTERS

21 de setembro de 2009 | 07h48

Em seu relatório mensal, o ministério disse esperar que o Produto Interno Bruto (PIB) mostre mais crescimento no terceiro trimestre, após sair da recessão no período de abril a junho.

"Não está claro, contudo, se os sinais positivos da economia indicam uma virada sustentável e com fundamentos para o melhor", observou.

As exportações de bens estão claramente em crescimento, e o consumo privado deve continuar a se beneficiar de um robusto mercado de trabalho e de preços ao consumidor moderados, acrescentou o ministério.

A Alemanha saiu de sua recessão mais profunda desde a 2a Guerra Mundial no segundo trimestre, e indicadores recentes elevaram as esperanças de que o crescimento se provará sustentável.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROALEMANHAFINANCAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.