Não estudo mudança no sistema de metas de inflação, diz Palocci

O ministro da Fazenda, Antônio Palocci, afirmou hoje que o governo não estuda nenhuma alteração para o sistema de metas de inflação vigente no País. A afirmação foi feita pelo ministro ao ser questionado se o governo estaria com a intenção de mudar a fórmula de cálculo e acompanhamento da inflação. Palocci não respondeu, entretanto, se haveria uma possibilidade de mudar o foco de atenção do Banco Central em relação à inflação, deixando de mirar o centro da meta e concentrar atenções em um outro porcentual de inflação dentro da margem de variação permitido pelo sistema. O BC utiliza o sistema de metas de inflação para determinar a taxa de juros básica da economia, a Selic. Para este ano, a meta de inflação é de 5,5%, com margem de tolerância de pontos porcentuais para cima ou para baixo. O BC utiliza o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) como referência para o cumprimento da meta.

Agencia Estado,

01 Março 2004 | 16h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.