Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Não existe mais espaço para aumento de impostos na Grécia , diz FMI

Chefe da missão do FMI na Grécia defendeu um sistema justo de impostos que possa contribuir para a implementação das difíceis reformas fiscais que o país está enfrentando

Patrícia Braga,

28 de março de 2012 | 18h26

LONDRES - Não existe mais espaço para os cidadãos gregos enfrentarem aumentos de impostos no atual clima econômico, embora o governo tenha necessidade de continuar a levar adiante as políticas para conter a evasão de impostos, informou nesta quarta-feira, 28, Poul Thomsen, chefe da missão do Fundo Monetário Internacional na Grécia.

Thomsen defendeu um sistema justo de impostos que possa contribuir para a implementação das difíceis reformas fiscais que o país está enfrentando. Para ele, o nível de endividamento da Grécia - que no começo deste mês passou por uma das maiores reestruturações de dívida soberana de sua história - provavelmente vai continuar elevado.

Entretanto, o compromisso entre a comunidade internacional de manter a Grécia na zona do euro é forte. Repetidamente, Thomsen insinuou a possibilidade de um segundo pacote de resgate internacional para a Grécia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FMIGréciaImpostos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.